FASUBRA convoca “Greve Nacional da Educação” no dia 15 de maio

No próximo dia 15 de maio será realizada a “Greve Nacional da Educação”, data em que professores, estudantes, técnico-administrativos (as) vão paralisar as atividades em todo o país contra os sucessivos ataques do governo Bolsonaro ao setor e contra o desmonte da educação pública, de qualidade e gratuita. O dia é uma preparação para a Greve Geral dos trabalhadores(as), marcada pelas centrais sindicais para 14 de junho.

O objetivo é denunciar os inúmeros retrocessos, como o contingenciamento de recursos para as universidades públicas, a desqualificação da atividade docente, as tentativas de cerceamento da liberdade de expressão, o fim dos concursos públicos, os ataques à autonomia universitária, o congelamento de salários, a militarização das escolas, o Ensino Domiciliar, o projeto Escola sem Partido, a privatização e a precarização da educação com o aprofundamento das políticas de mercantilização, a tentativa de eliminar as eleições democráticas para dirigentes, entre outros fatores, além da destruição da Previdência Social prevista pela PEC 6/19.

A FASUBRA orienta as entidades de base a somarem a esta luta, buscando intensificar o calendário nacional de ações, com atos nos locais de trabalho e estudo e rumo à construção da Greve Geral para derrotar as ofensivas do atual governo.

COM INFORMAÇÕES: FASUBRA SINDICAL


Voltar