Nota de apoio do SINTUFEPE/UFRPE aos caminhoneiros e petroleiros brasileiros e contra a intervenção militar

Pela unificação das lutas e rumo à greve geral!

1527180891_038789_1527181387_noticia_normalA direção colegiada do SINTUFEPE/UFRPE manifesta o seu apoio à greve dos caminhoneiros e repudia qualquer forma de repressão ao movimento trabalhista que luta contra a política de liberação de preços do petróleo imposta pelo governo Temer e os altos valores do combustível. As reivindicações da categoria contemplam as insatisfações da população brasileira que não aguenta mais os preços abusivos.

Apesar das contradições do movimento e dos diferentes propósitos que vêm se apresentando ao longo desses dez dias, o nosso sindicato reconhece a greve dos caminhoneiros como legítima, pois representa a indignação do povo brasileiro com o atual governo e as medidas adotadas contra a classe trabalhadora, como as reformas da previdência e trabalhista, os ataques ao serviço público, a precarização da educação e saúde, a terceirização, entre outras. Não podemos deixar de repudiar a atitude da imprensa burguesa e sensacionalista de tentar a todo custo colocar a população contra os caminhoneiros. Mas o povo não é bobo e também reconhece e apoia a luta dessa importante categoria.

Aproveitamos o espaço para demonstrar nosso apoio à Greve Nacional Petroleira que terá início nesta quarta-feira (30) e está prevista para durar 72 horas.  Segundo a Federação Única dos Petroleiros (FUP), a categoria exige a redução do valor da gasolina, do diesel e do gás de cozinha, a manutenção dos empregos e a retomada da produção interna de combustíveis. O movimento também é contra a privatização da Petrobras e Eletrobras.

Esse é o momento de fortalecer as manifestações e unificar as lutas contra os ataques ao povo brasileiro e à corrupção, convocar as centrais sindicais, os fóruns políticos e os movimentos sociais. Devemos mostrar que somos contra a intervenção militar, contra qualquer forma de calar a nossa luta. Vamos todos e todas, juntos, construir uma grande Greve Geral e devolver o país ao povo.

ATO UNIFICADO – 30 de maio é Dia Nacional de Luta Pela Redução do Preço do Gás e do Combustível. A data foi convocada a partir da Frente Povo sem Medo e Frente Brasil Popular. A partir das 15h, acontece ato unificado na Praça do Derby. Participe!

 


Voltar