Os próximos passos da luta contra a Reforma da Previdência

Coleta de assinaturas do abaixo assinado será feita nacionalmente

Como continuidade da mobilização a favor da Previdência Social, as maiores centrais sindicais do país estão preparando o Dia do Trabalhador, 1º de Maio, como um dia unitário contra a Reforma. Ainda não há programação para as atividades que serão realizadas na data, que acontece este ano numa quarta-feira, mas a previsão é que se construam atos em todo o país.

As centrais também prepararam uma cartilha informativa sobre a Reforma da Previdência e um abaixo assinado que deve ser trabalhado com a população. Ambos estão disponíveis abaixo:

Cartilha Informativa sobre a Reforma da Previdência:

Baixe aqui

Abaixo Assinado Nacional em Defesa da Previdência Social:

Baixe aqui


Voltar